Creme depilatório: como funciona e riscos que apresenta para a pele

Creme depilatório: como funciona e riscos que apresenta para a pele

Provavelmente você já deve ter utilizado creme depilatório ou até mesmo já cogitou em usá-lo. A promessa deste produto é tentadora: pele livre dos pelos em cinco minutinhos, sem dor e sem sair de casa. Pode ser o sonho de uma boa parte das pessoas, pois quem nunca foi surpreendido pela necessidade urgente de se livrar dos pelinhos de uma hora para outra?
Quando pensamos em creme de depilação, questões veem à nossa cabeça, como, por exemplo, como ele funciona? Que substância ele tem que o faz eliminar os pelos? Existem riscos para a pele? E a durabilidade da depilação? Continue a leitura deste post e tire as suas dúvidas!

Como o creme depilatório funciona?

Basicamente, a depilação acontece em três etapas: você aplica o produto na pele, aguarda alguns minutos e retira o creme com os pelos já soltos. Mas, afinal de contas, como essa “mágica” acontece?
O funcionamento do creme depilatório se dá pela base química de formação: as substâncias contidas nela agem na haste do pelo, literalmente desintegrando-a por meio de uma quebra de ligações químicas que mantêm a sua integridade.
Traduzindo em bom português: só a parte visível do pelo é eliminada, portanto ele cresce mais rápido do que nos outros processos depilatórios que agem na raiz, como a depilação a laser.

Como age na pele?

Outro bônus da depilação com creme é seu poder de hidratação. Como ele tem agentes hidratantes e calmantes em sua fórmula, a pele fica mais macia e menos áspera do que depois da depilação com a lâmina, por exemplo.
Contudo, como se trata de um produto bastante químico, os riscos de alergias, irritações e até mesmo queimaduras são grandes. Por isso, o ideal é que, antes de aplicar o produto, você escolha uma região menor (como o antebraço) para fazer o teste de sensibilidade e confirmar se não há alergia ao produto.
Os cremes ainda oferecem uma série de limitações quanto ao uso: regiões muito sensíveis, com irritações e machucados, ou pessoas que fazem uso de ácido não devem ser depiladas com o produto. No blog Universa você acompanha mais sobre os cuidados básicos para não prejudicar sua pele.

Quando tempo dura?

Como já falamos, o creme depilatório não age na raiz do pelo, portanto sua durabilidade é baixa: aproximadamente sete dias. Ou seja, os pontos positivos — praticidade e agilidade — são contrabalanceados pela pouca durabilidade.

Creme depilatório x depilação a laser: qual compensa mais?

Se você está buscando métodos menos doloridos que as ceras quente e fria e os aparelhos depilatórios, tanto o creme de depilação quanto o laser se apresentam como alternativas.
Entretanto, enquanto o creme oferece uma durabilidade restrita, além de ter muitos químicos em sua fórmula — o que pode gerar sensibilidade, alergias e agressões à pele —, a Depilação a Laser age na raiz, favorecendo uma depilação duradoura. Ela pode ser feita em qualquer região do corpo (exceto nas sobrancelhas) e sem prejudicar a saúde da derme, ajudando até quem sofre de foliculite. Ou seja: pele lisinha por muito mais tempo e com muito mais saúde!
Agora que já sabe como funciona e quais são os reais riscos do creme depilatório, deu para perceber que o laser pode ser uma escolha muito mais vantajosa para uma quem quer um resultado prolongado. Descubra agora os mitos e as verdades por trás da depilação a laser. Você vai se surpreender!



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *