fbpx Skip to main content
Cuidados com a pele no inverno: conheça 6 dicas

Cuidados com a pele no inverno: conheça 6 dicas

Ainda que você ame as baixas temperaturas, é preciso admitir que os cuidados com a pele são essenciais durante o inverno, a partir do momento que aquele ventinho frio toca a nossa pele, é o momento de já nos prepararmos para os cuidados a se tomar nessa estação.

O clima costuma deixar o tecido da pele bem mais seco, por conta da diminuição da umidade do ar e da transpiração corporal, porém, alguns hábitos feitos certas vezes ao dia, podem gerar uma certa piora na saúde da sua pele.

Já se pegou com a boca seca e os lábios rachados? E com a pele seca? Isso não acontece por acaso, mesmo que a temperatura seja fria, acaba que esses acontecimentos se tornem comuns e perfeitamente compreensíveis.

Além disso, no frio a gente costuma tomar banhos quentes e beber menos água, ou seja, deixamos de repor o líquido que perdemos e, ainda, promovemos a remoção das defesas naturais do corpo. No artigo de hoje daremos seis dicas essenciais para que você mantenha a saúde da pele no inverno. Veja só!

 

1. Evite os banhos quentes

Parece brincadeira, mas, mesmo no inverno, você precisa evitar os banhos quentes para não ressecar tanto a pele. Caso considere impossível encarar a água fria nesse clima, procure tomar banhos mais curtos, evitando ficar muito tempo em contato com a água quente.

Nos dias em que lavar o cabelo, considere a possibilidade de lavar somente a cabeça com água fria ou, ao menos, com água morna.

Os motivos para você evitar banhos longos e quentes são diversos, começando pela oleosidade no cabelo e rosto, pois a água quente estimula as glândulas sebáceas para que elas produzam mais fluxo tanto no couro cabeludo quanto em seu rosto.

Os cabelos podem cair ainda mais, já que há o estimulo das glândulas sebáceas que também pode trazer doenças comuns na pele, como dermatite seborreica e manchas vermelhas no couro cabeludo. Em temperaturas muito elevadas, quando o corpo entra em contato com a água assim quente, acaba perdendo oleosidade e ficando mais ressecado. A textura suave da pele é perdida e ela se torna mais áspera.

2. Beba muita água

Ao contrário do que acontece no verão, no inverno a gente acaba se esquecendo de beber água por causa das baixas temperaturas. A falta dela aumenta as chances de ressecamento, além de causar outros problemas de saúde. Portanto, aquela famosa regra de tomar dois litros de água por dia vale para todo o inverno também.

Beber água ajuda a manter a beleza da pele, dos cabelos, da unha, evita o surgimento da celulite e ajuda na renovação celular. Durante o inverno, segundo especialistas, é comum que o corpo gaste mais energia para manter o corpo aquecido, desse modo, você pode perder muita água do corpo nesse processo.

A nutricionista Mariana Corradi afirma que você deve beber água de hora em hora, por volta de 180ml cada vez, e não apenas quando você estiver sentindo sede.

3. Hidratação é essencial

Outra maneira de evitar o ressecamento é colocar em sua rotina de cuidados diária a boa hidratação de sua pele, não só a do rosto, mas de todo o corpo. O ideal é aplicar o creme hidratante logo após o banho, pois a pele está úmida e pronta para receber cuidados intensivos.

Nessa época do ano deve ser usado e abusado os bons hidratantes que tenham substâncias mais oleosas, ainda mais se você insistir em banhos muito quentes, pois ajudam a reter a água da pele.

Um bom óleo de banho é uma excelente alternativa para uma fácil hidratação durante o banho. Seu uso proporciona uma pele macia, super hidratada e perfumada sem deixá-la pegajosa. Como ele age? Os óleos tem ação elusiva formando uma camada que protege a pele prevenindo a perda de água natural e o consequente ressecamento. Pode-se optar pelos óleos trifásicos ou os regulares.

Porém, se você tiver a pele já oleosa ou mista, não deve ser aplicados hidratantes desse tipo, geralmente oil free, e é necessário ter um dermatologista acompanhando você para usar o produto ideal. Além disso, atente-se aos hidratantes que, ao invés de hidratar, somente perfumam a pele.

4. Invista em uma dieta balanceada

No inverno, a vontade por alimentos mais calóricos aumenta consideravelmente, você já percebeu isso? Pois é, mas a ciência tem uma explicação para isso: quando as temperaturas despencam, nosso organismo gasta muito mais energia para manter o corpo quentinho, logo, sentimos mais fome.

O aumento de radicais livres no organismo também é uma das causas do ressecamento da pele. Portanto, invista numa alimentação balanceada, que inclua alimentos como cenoura e brócolis. As frutas também precisam fazer parte de seu cardápio de inverno.

Dê preferência para laranjas, mexericas, framboesas e morangos. Esses alimentos possuem as vitaminas (C, por exemplo) e os minerais que você precisa para encarar o frio e manter a pele incrível.

Caso opte pelo consumo de sucos ao invés de frutas in natura, escolha sempre o de frutas frescas. As opções popularizadas de néctares em caixinhas nos mercados apresentam mais açúcar do que refrigerantes e baixíssimo percentual de fruta. Tudo isso sem contar nos conservantes e corantes artificiais.

O inverno também pode ser conhecido como a época das sopas, aliás, elas são muito bem-vindas para uma dieta bem nutritiva e balanceada. Retirei uma receita de um maravilhoso Creme Thai de Abóbora para você seguir o passo a passo e se deliciar com ela, acompanhe:

Ingredientes:

  • 1/2 cebola picada
  • 1 dente de alho picado
  • 1 pitada de curry
  • 1kg de abóbora
  • 1 garrafinha de leite de coco
  • 1 pedaço de gengibre ralado
  • 4 castanhas do Pará fatiadas
  • Sal rosa e pimenta a gosto

Modo de preparo: refogue a cebola com um fio de azeite, adicione o gengibre ralado, o alho e refogue mais um pouco. Em seguida, coloque a abóbora. Acrescente água até cobrir a abóbora e deixa-a cozinhar.

Espere esfriar e bata tudo no liquidificador. Leve novamente ao fogo, adicione o leite de coco e deixe reduzir até o ponto desejado. Tempere com sal, pimenta e curry. Sirva com a castanha do Pará picada.

Essa receita rende 4 porções, aproveite!

5. Fique longe do ar-condicionado

Quem trabalha em escritórios ou utiliza constantemente o ar-condicionado do carro, durante o dia, precisa lembrar de mantê-lo desligado no inverno. O ar-condicionado, tão utilizado no verão, é responsável por deixar a pele e as mucosas ressecadas.

Fique atento à limpeza do filtro do ar. O acúmulo de impurezas no ar condicionado, como poeira e detritos do ambiente, pode acarretar em problemas respiratórios. idealmente a limpeza deve ocorrer mensalmente mesmo no inverno com a seleção de temperaturas mais quentes no equipamento.

No inverno isso só tende a piorar. Em casa e no trabalho, substitua-o pelo umidificador de ar, que controla a umidade do ar e ajuda a combater, inclusive, as doenças respiratórias que são comuns durante o inverno.

Além disso, o ar quente pode ser prejudicial por diminuir a umidade do ambiente, além de ressecar vias aéreas, causando sangramento do nariz, tosse, garganta irritada, olho seco e até mesmo crises alérgicas.

6. Use o filtro solar para manter os cuidados com a pele

Ainda que você não veja o sol com a mesma intensidade que no verão, não duvide de que ele está ali, jogando seus raios UVA e UVB  sobre a sua pele no dia a dia. Os raios UVA são responsáveis pelo envelhecimento da pele e o UVB, pelas queimaduras de sol.

Portanto, mesmo no inverno, quando o ângulo do sol muda, use e abuse do filtro solar. O frio também pode queimar a pele e a hidratação promovida pelo uso do protetor solar protege o seu rosto na medida certa da radiação solar e contra os raios solares UV.

Como escolher o filtro solar ideal para sua pele? O FPS mede quanto tempo uma pele exposta ao sol demorar para apresentar vermelhidão. Quanto mais escura a pele, mais melanina ela possui e maior o tempo até apresentar a coloração vermelha e vice versa. Um filtro solar com fator de proteção 50 proporcionará que a pele leve 50 vezes mais tempo para ficar vermelha.

Pode-se optar por protetores solares com diferentes texturas para o rosto e o corpo. Usualmente a pele do rosto é mais sensível e, muitas vezes, mais oleosa. Géis fluidos são recomendados para pessoas com pele mista ou oleosa no rosto. Os sprays são mais práticos para aplicação no corpo, principalmente no momento da reaplicação na praia ou piscina.

Para ter uma ideia, você sabia que as luzes do escritório que você trabalha também podem manchar sua pele? Pois é, muitas pessoas duvidam que isso aconteça, mas é verdade, sendo assim, não se deixe enganar pelo friozinho. Ter como um cuidado diário o uso do filtro solar, é primordial para que sua pele fique protegida.

Conforme dito no início desse texto, as temperaturas frias, por mais que não aparentem, também prejudicam e muito a nossa pele.

E então? O que achou das nossas dicas de cuidados com a pele para encarar o inverno? Se ainda tiver dúvidas sobre esse assunto ou quiser deixar alguma dica para outros leitores, escreva um comentário aqui!

Lisa

Olá, eu sou a Lisa, assistente virtual da Vialaser e autora desse blog maravilhoso! Quero trazer os conteúdos mais diversos e interessantes sobre o mundo da estética, saúde, beleza e depilação a laser. Se liga nos posts e não deixe de interagir!

Deixe um comentário

avatar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

  Subscribe  
Notify of