Confira 5 dicas para se livrar de foliculite na virilha

Confira 5 dicas para se livrar de foliculite na virilha

Sofrer com o aparecimento de pontinhos vermelhos em áreas da pele que costumam ser depiladas é bastante comum. As foliculites aparecem em torno de pelos “encravados”, são acompanhadas de pus, coceira e sensibilidade local.
Esse problema pode aparecer em qualquer parte do corpo, principalmente nas constantemente depiladas, como a virilha. Quando isso acontece, falamos na foliculite na virilha, que, além de provocar desconforto, pode evoluir para quadros ainda mais preocupantes.
Então, não descuide: preste muita atenção às nossas 5 dicas e fique livre do risco de ter esse problema!

1. Abandone o hábito de se depilar com lâminas ou cera

Os jeitos caseiros de depilar a virilha contribuem para o surgimento da foliculite na virilha. Afinal, para tirar os pelos, tanto a lâmina quanto a cera quente provocam micro lesões em sua pele. Elas abrem caminho para inflamações, infecções e todo o mal-estar que acompanha esses processos. Então, deixe-os de vez!
Escolha métodos depilatórios com risco reduzido de lesionar a pele, como a Depilação a Laser. Para se assegurar de fazer uma depilação ainda mais tranquila, experimente o método com Laser de Alexandrite, que proporciona proteção superior, conforto e segurança.

2. Evite passar longos períodos com roupas apertadas

Os folículos têm grande propensão a inflamar quando expostos por longos períodos a calor e umidade. Para se prevenir da ação desses fatores de risco, use menos roupas apertadas e de tecido grosso. Os jeans são vilões clássicos, já que “abafam” regiões da pele sensíveis à foliculite.
Na hora de escolher a calcinha, vale a mesma regra. Peças de tecido natural, como o algodão, podem ser suas aliadas para evitar a foliculite. Melhor ainda se a roupa íntima não tiver elástico na região de contato com a virilha, pois assim fica eliminada a compressão sobre essa delicada área.

3. Jamais arranque os pelos encravados

Usar pinça para tentar tirar os pelos encravados é uma péssima ideia. Com essa atitude, você agrava a situação, pois, ao procurar extrair o pelo dessa maneira, o grau da inflamação aumenta e piora o estado — e a aparência — da pele, que pode ficar ainda mais machucada.

4. Faça esfoliação

Manter a virilha sempre lisinha é um dos caminhos seguros para prevenir a foliculite. Então, faça esfoliação da pele regularmente. Ao optar por um método esfoliante, considere os benefícios dos que removem as impurezas de maneira mecânica, ou seja, por tração das células.
Menos agressivos, eles resultam em uma pele mais fina e limpa, portanto mais protegida da ação dos fungos e bactérias.
Porém, fique atenta: a esfoliação funciona na prevenção da foliculite, mas não deve ser utilizada com a inflamação já instalada.

5. Combata o aparecimento de pelos na virilha

Se até aqui você viu dicas ótimas, prepare-se para a melhor de todas: o jeito mais eficaz de se livrar da foliculite é reduzir as chances de o pelo nascer! Como conseguir isso? Com a Depilação a Laser, que destrói o folículo e, assim, faz com que o pelo leve até mesmo anos para voltar a crescer. Há, inclusive, casos nos quais eles não crescem mais!
Nossas dicas foram pensadas para garantir sua saúde e beleza. Todas elas visam tanto prevenir como eliminar os transtornos de conviver com a foliculite na virilha. Como última, mas não menos valiosa sugestão, destacamos que você conheça o excelente custo-benefício da Depilação a Laser.
Em cerca de 4 sessões já se pode perceber excelentes resultados. Com isso, você deixa de gastar seu tempo em longas e dolorosas sessões de depilação, que podem causar danos à saúde e comprometer sua estética!
Baixe agora, o e-book sobre tudo o que você precisa saber sobre a depilação a laser e descubra os múltiplos benefícios do método!



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *